quarta-feira, 21 de abril de 2010

Rivalidade

Certo dia, cheguei ao ponto de pensar que a rivalidade grenal era mesmo a ¨maior do mundo¨. Grande ilusão. É nessa hora que vejo como funciona o poder da mídia, que nos vende produtos, nos faz acreditar em coisas. Outro dia tive a oportunidade de vivenciar o clima de um jogo Barcelona x Real Madrid, visto que o jogo era na cidade de Barcelona, distante quase 800 km de onde estou, sem falar que para conseguir um ingresso para um jogo desses, tem que ser sócio remido, com cadeira perpétua, ter mais de 80 anos e ter vivos os bisavós.

Aí que começam as diferenças. Ou seja, para entrar no estádio tem que ser sócio. O clube tem um estádio com capacidade para, sei lá vou chutar, 60 mil pessoas, e tem 200 mil sócios. Óbvio que não vai sobrar ingresso para quem estiver de fora. Outros fatores que diferenciam, por exemplo: Eu nunca vi uma camisa do inter pra vender por aqui. Nem em loja de esportes, nem em lojas de futebol, nem em lugar nenhum. Nem do Grêmio. Nem do Flamengo nem de ninguém. Em compensação, todos já vimos camisas (a venda)do Real Madrid e do Barcelona em Porto Alegre, em Tramandaí, em Santana do Livramento. Aliás, a única referencia que consegui dar de Porto Alegre, foi dizer que era a cidade onde nasceu o Ronaldinho Gaúcho.

Agora, o fator mais importante e que na minha opinião, o mais impressionante nesse comparativo, foi que quase toda a população (mesmo torcendo pro Salamanca, pro Sevilla, etc...) torce para esses dois times, meio que como no Rio Grande, que todos, independente de torcer pro seu Pelotas, Guarani, NH, etc..., sempre torce pros times da dupla. Mesmo assim, a flauta aqui é uma coisa saudável, as pessoas não se matam por piadas idiotas do tipo eu sou melhor, eu sou grande ou eu sou campeão. Assistem os jogos em bares, com camisetas, gritam, torcem, e não tem brigas (mesmo tendo bebida). Saem na rua, com bandeiras e nao é necessário ter policia escoltando ou dividindo trânsito das torcidas, coisas de povinho, maloqueiro.

Vamos ver agora, quando chegar a copa!

Um comentário:

Ana Laura disse...
Este comentário foi removido pelo autor.

Postar um comentário